quarta-feira, 15 de maio de 2013

CPM: Virgindade

Opa... OOOOOPA! A WILD TEMA DELICADO APPEARS!
WHAT YOU'LL DO?
[X] RUN!! - [X] VAI PRO BURACO NO CHÃO - [X] FINGE QUE NÃO VIU...

Virgindade ainda é um tabu.
Deve-se esperar até o casamento? Ela não importa? É uma restrição religiosa?
Se você tem dúvidas sobre esse assunto, prossiga a leitura.
Lembrando que se você for homem LEIA O POST, EU TE CITEI e o repasse para uma mulher que você acha que precisa desse recado ou use-o para si mesmo.


A virgindade segundo...
Quase colocando esse texto na categoria Polêmicas, porque né, o que vou escrever pode soar como afronta para uns... e outros.

Antes de tudo, você precisa primeiro se conhecer bem, saber o que tolera e o que não tolera, quais são seus pensamentos sobre o assunto e se você se importa com a opinião dos outros sobre o tema e as suas conclusões.

Eu particularmente acho retrógrado e tolo uma mulher (ou um homem) se casar virgem. Meus argumentos são de que a pessoa será inexperiente, na maioria das vezes não se masturba e portanto não sabe indicar para o parceiro o que lhe dá prazer, provavelmente vai repetir o que aprendeu dando apenas o mesmo "pão com ovo" de sempre e normalmente não é capaz de ser sensual ou até mesmo ousado.

A questão mais importante aqui é: eu respeito quem escolhe casar virgem? Sim. Isso fecha toda e qualquer discussão inútil que venha a aparecer. Afinal, a vida dos outros é a vida dos outros, portanto, não me meto em suas escolhas.

O que me irrita um pouco é a força do conceito religioso em cima dessa decisão, pois mantém a mulher em um martírio silencioso.
O homem pode se masturbar, fazer sexo livremente e não tem aquela culpa de "é feio, é pecado". Já a mulher sempre foi oprimida pela sociedade e também pela religião, pois se masturbar, fazer sexo livremente e até atingir o orgasmo é algo pecaminoso, feio e que boas moças não fazem.
Em algumas religiões a menstruação também é considerada impureza.
Gostaria de saber por que sempre as mulheres são as impuras? Qual é o medo que as religiões têm de nós?
Bem, acho que isso é caso para uma outra discussão, em outro momento.

É importante lembrar que a virgindade não é apenas um conceito biológico, ele é também psicológico.
Algumas mulheres nascem sem hímen (uma camada fina de pele que cobre a entrada da vagina), isso não as torna menos virgens do que uma que nasceu com. Sem esquecer que alguns himens são "mais elásticos" e não se rompem na primeira relação sexual.
Os homens normalmente não entendem isso e às vezes nem sabem dessas condições, o que pode tornar a vida de uma mulher em um inferno com falsas acusações e ignorâncias desnecessárias.

O que é virgindade?
Ter o hímen intocado?
Nem sempre.

Qual o seu conceito de "virgem"?
a) Aquela ou aquele que nunca beijou, agarrou ou manteve relações sexuais com outrem;
b) Aquela ou aquele que nunca se masturbou e não passou por nenhuma experiência da alternativa acima;
c) Aquela ou aquele que nunca pensou em putaria;
d) Aquela que nunca teve seu hímen rompido.

Agora me diga, a resposta que você escolheu é a correta? Será?
a) Certo, temos uma pessoa virgem de corpo, mas e de cabeça? E se ela se masturba?
b) Certo, temos uma pessoa virgem de corpo, mas e de cabeça? Será que nunca olhou uma foto mais sensual e sentiu algo?
c) Isso é realmente possível?
d) Certo, mas e se a mulher já fez sexo anal, oral, beijou ou agarrou alguém?

Virgindade é algo que embutimos em nossa cabeça, seja pela sociedade, religião, ciências ou qualquer outro influenciador. É só uma palavra que pode ou não ter importância, só depende do sentido que você dá a ela.

E se a virgem nunca foi tocada fisicamente por alguém, só que se mantém desejosa e ousada? Isso tira o seu "status" de virgem?
É uma situação complexa e cada um precisa saber o que essas palavras significam dentro dos seus próprios dogmas. O importante é não ser extremista e respeitar as considerações dos outros.

Parte do que assusta as mulheres nessa situação é a falta de conhecimento massiva dos homens. Sejamos sinceras, muitos conseguem ser bem estúpidos quando querem, seja por causa do machismo de suas criações ou da simples ignorância de quem não se deu ao trabalho de perguntar e aprender.
Qual você acha que é o primeiro pensamento do homem quando a mulher diz que é virgem, porém, sensualiza na hora H?
Boa parte vai pensar: "mentirosa", "se fosse virgem mesmo, era recatada", "prostituta".
Sabe, caros amigos, nem todas as virgens são burramente retardadas como a nossa estimada Anastasia Steele de Cinquenta Tons de Cinza (E.L. James).

Lembre-se, a primeira vez para muitas é a coisa MAIS ASSUSTADORA DO MUNDO. "Será que vai doer?" - "Será que ele vai ficar bravo se eu fizer isso ou aquilo?" - "O que devo fazer? Devo ficar quieta? Devo gritar?"
Não é você que vai ter algo entrando e saindo de dentro de um canal estreito e tão íntimo, pense nisso.

O homem que for o primeiro, tem que ser, no mínimo, paciente. Tem que estimular, deixar a situação confortável e mostrar como as coisas podem rolar sem neura. Nem sempre a primeira ida para a cama é A vez. Vocês homens precisam entender que é necessário treinar um pouco, antes de chegar no jogo de estreia e fazer o gol.
Bem, isso se você quiser ser lembrando como o primeiro "aquele cara legal, carinhoso" e não "a primeira merda da minha vida" ou o primeiro ogro. E a primeira vez pode ajudar a determinar se aquela mulher vai se interessar por sexo ou vai evitar a todo custo, porque achou uma desgraça.

Que bonitinho, essa foi eu tentando dar alguns bons conselhos. Só que este post não é sobre relação sexual, é sobre virgindade.

-->


Virgindade na cabeça das pessoas
É um presente a ser dado? Deve ser guardada para alguém especial? Tem que se livrar logo dela?
Isso vai de cada um.

Na minha opinião, a primeira vez tem que ser com uma pessoa que você goste, sinta tesão (sem isso nada de bom acontece) e te respeite. Acho que são os quesitos mínimos aceitáveis.

Normalmente quando as mulheres querem "se livrar" da virgindade, nem sempre as coisas saem como o esperado. Não é legal fazer isso para ceder a pressão de um grupo.
"Ah, mas sou a única virgem da turma e eles tiram sarro de mim."
A sua virgindade pertence a quem? Pelo que me consta ela é toda sua e é VOCÊ que deve decidir quando e com quem perdê-la. Não entre nessa história babaca, você não é um troféu de estante.
Agora se você não liga e poderia fazer isso com qualquer um que passasse na rua, boa sorte.

É bom lembrar que todas as decisões que você tomar devem partir unicamente de você e não de pressão de terceiros. Se você está bem com a sua decisão, ninguém tem nada que se meter.

"É pecado, é pecado, é pe- Será que é? Será?"
É ateu? Pule esta parte. Não tem saco para religião? Pule esta parte. Seu deus me odeia? Pule esta parte. Você me odeia? Obrigada pela visita.
Eu avisei e não regreto nada.

Quando nós crescemos e nos tornamos mais experientes, é necessário saber quais "bagagens" devemos continuar carregando na vida e quais devemos largar pelo caminho.
Não digo que ter uma religião é ruim, por favor, longe de mim, contudo, alguns ensinamentos são murro em ponta de faca e não agregam sentido à vida.
Deus, ou qual seja o nome do principal guia da sua religião, não vai te amar menos, porque você se masturbou. Você não vai para o inferno, só porque sentiu prazer com o seu parceiro estável. Quem prega isso não tem o mínimo senso se humanidade e quer mais é tocar o terror no mundo.
É preciso desvincular a imagem da religião com a sua imagem de ser humano.
O problema está no extremismo e não na crença.

Conheço pessoas que por conta de sua religião, viviam brigando internamente entre querer ser mais humano e não ser condenado pelo seu deus. 
Nenhum de nós é anjo celestial, somos feitos de "barro" e temos a nossa fé. Somos uma mistura do santo (alma) e do profano (corpo). É preciso entender esse conceito para encontrar equilíbrio e coexistência.

Sim, tenho minha crença, mas ela não interfere nas minhas decisões.
That's it! [É isso!]

Conversa para Mulheres... e Homens
Não é de hoje que percebo que os textos desta seção (voltada primeira e principalmente para mulheres) se tornaram unissex.
É impossível não incluir os homens, já que problemas de autoestima e relacionamentos também os acometem.
Não se acanhe por causa do nome "Conversa para MULHERES", vocês também são bem vindos, inclusive para comentar ou tirar dúvidas.

Foi falado majoritariamente da virgindade feminina, no entanto, há também a masculina. Podemos considerar um homem virgem quando ele ainda não teve nenhuma experiência sexual e/ou quando ele ainda não tiver feito sexo anal.
Praticamente todos os textos do CPM podem ser convertidos para os homens.

É de extrema importância recordar que você sempre deve procurar orientação com especialistas e ter diálogo com seus pais e parceiros sobre sexo. Não é pecado, não é feio, porém ainda é tabu. E sendo algo pouco discutido dá brecha para todos os erros possíveis (DST's, gravidez indesejada, etc).

Nos vemos no próximo Conversa Para Mulheres!

Por Kimono Vermelho (15/05/2013)

2 comentários:

  1. Gostei do texto, bem... concordo com você sobre o assunto! ^-^' No meu caso '-' eu nao pretendo nunca ficar/namorar nem casar nem nada dessas coisas que as pessoas "normais" fazem, eu simplesmente nao vejo nem nunca vi motivos/significado para fazer. Dificil é as pessoas entenderem ou aceitarem meu ponto de vista ;/ (e sim, já tenho 20 anos T_T) o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lika Chan!
      Por conta da educação que foi passada de geração em geração é difícil para a maioria aceitar comportamentos diferentes.
      Siga com o que você acredita e o que te deixa confortável consigo mesma! o/
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir

Antes de comentar conheça as nossas regrinhas:
-Não poste nada ofensivo, respeite os outros;
-Não brigue, aqui não é ringue de boxe;
-Não faça merchandising do seu blog com a desculpa de "ah, mas eu comentei sobre o post também".
Siga as regras e você não conhecerá o lado escroto da Kimono.