quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O Lado Podre da Kimono Vermelho: Fim do mundo

Só é "lado podre", porque vai falar de fim de mundo. Ou não.

Olá, queridas crianças perdidas pela Floresta Vermelha. Quem vos fala é a bruxa mais maluca de todo o reino e que quer lhes contar uma história muito engraçada. Por favor, fiquem sentadas, escutem atentamente e não façam barulho ou serão devoradas de imediato. – sorri – O tema de hoje é... "Fim do mundo".

Dá ibope
Desde os primórdios da intimidação e do controle de poder, usam-se incríveis artefatos para dar fim a algo que não terá seu fim tão próximo. São profecias, pedras, estrelas, presságios... E a humanidade, juntamente com o planeta, tem sobrevivido a cada "prazo final".

"O fim do mundo" chega para todos em momentos variados. A essa situação damos o nome de morteÉ quando sua existência se apaga e só sobram lembranças e ossadas aos que continuam por aqui.
Todos nós presenciaremos este derradeiro final.

E se houver mesmo uma data para que tudo acabe, é mais fácil que os humanos definhem do que o planeta entrar em colapso.

Assim como a Bíblia, cada um deu a sua interpretação para o que aconteceria no fadado dia 21 de Dezembro de 2012 (segundo o calendário maia, prazo para o "fim do mundo").

Acredito que a real informação se perdeu e foi enterrada junto com o povo que a profetizou. Nenhuma interpretação, por mais pura que seja, chegará a verdade que se foi pensada quando selaram o calendário em tal data.
-->

Na minha concepção, ela marca o fim de um ciclo. Uma grande roda de acontecimentos que se fechará, chegando ao ponto inicial e criando um novo ciclo, uma nova roda da fortuna.
É o dia em que novos caminhos serão traçados independente dos desejos tidos para eles. A ampulheta irá virar. Os dados serão novamente jogados.

As pessoas gostam de brincar sobre a existência de um apocalipse, não percebendo que ele acontece com mais frequência do que imaginamos e que na cabeça de outras pessoas é realmente o "fim do mundo".
Para os judeus, na época, o nazismo foi seu apocalipse.
Para o Japão, na época, os terremotos e tsunamis de 2011 foram seu apocalipse.
Muitos morreram e muitos sobreviveram. É tudo questão de percepção.

E assim encerramos a nossa história, crianças. Voltem seguras para casa. – se despede – E não se esqueçam de que, se um dia novamente se perderem pela Floresta Vermelha, eu contarei uma nova história e assim vocês encontrarão o caminho de volta. – sorri ternamente.


Obs.: Diz-se que o mundo acabará às 09:11 horas horário de Brasília (horário original 08:11 horas - por conta do horário de Verão, será 09:11 horas em Brasília/São Paulo). Às 09:12 horas, se você tiver sobrevivido, clique neste link.

Por Kimono Vermelho (20/12/2012)

4 comentários:

  1. Saudações

    O Fim do Mundo...
    Recordo-me de forma imediata das profecias de Nostradamus para 1999: "...e do céu virá um Rei terrível, que destruirá aquela grande cidade pelo fogo". Falando do terceiro anticristo e mais...

    Falar de "Fim do Mundo" virou um stigma para a humanidade. O "bug do milênio", de 1999 para 2000, ajuda bastante a definir tal afirmativa de minha parte, nobre Red Kim...

    O texto canalizou bem este enfoque. As pessoas estão sedentas em ter algo para se apoiar, ou algo no que poder acreditar... E nos tempos modernos isto tem aumentado consideravelmente...

    Entretanto, o termo [Apocalipse] julgo como forte demais para ser usado para definir tal acontecimento ou fato. Ainda assim, compreendia a sua ideia relacionada e, de forma consistente, concordo com o que escreveste.

    Um bom post, Red Kim. Espero que mais pessoas o leiam para a troca de ideias sadias acontecer...^^


    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É como eu disse, fim do mundo dá ibope. Pessoas fanático-religiosas ou picaretas, se aproveitam dessas profecias mal interpretadas e criam uma situação para que os desesperados se apoiem neles.
      Eu usei o termo "apocalipse" para dar a real noção de desespero. Acredito que os judeus na 2ª GGM tinham a convicção de que o mundo se tornaria nazista e de que seu povo seria perseguido até a morte. O apocalipse é esse terror.

      Obrigada pelo comentário! ^^/

      Excluir
  2. Olá!!

    Acredito que o fim do mundo por causa do calendário maia se deve à uma má interpretação dos fatos.

    Primeiro, o calendário maia foi feito a vários anos atrás, tanto que essa civilização não existe mais. Segundo, o calendário não seria diferente do que utilizamos hoje, onde sobram 6 horas a cada ano e a cada quatro anos temos um ano que possui um dia mais (366) conhecido com bissexto... e outras teorias que talvez, como disse acima, foram mal interpretadas.

    Gostei do seu texto. Isso me lembra, que quem já leu o Apocalipse presente na Blibia diz que o acontece hoje está escrito lá...

    Espero não me esquecer de visitar seu blog sempre!!

    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tudo depende da interpretação de cada pessoa. Eu acredito que os maias previram o encerramento de um ciclo, o que para mim (no que tenho notado nestes últimos anos) faz todo o sentido. Como a palavra "fim" estava presente e tem gente que adora criar pânico, disseminaram a tal ideia do fim do mundo.
      Obrigada pelo comentário! ^^/

      Excluir

Antes de comentar conheça as nossas regrinhas:
-Não poste nada ofensivo, respeite os outros;
-Não brigue, aqui não é ringue de boxe;
-Não faça merchandising do seu blog com a desculpa de "ah, mas eu comentei sobre o post também".
Siga as regras e você não conhecerá o lado escroto da Kimono.