quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Fama na internet

Vamos falar de algo bizarro que tem proporcionado a vários anônimos fama e consequentemente fortuna.

Hoje em dia é possível ganhar dinheiro com a internet e a fórmula é até fácil: faça algo interessante.
"Mas só isso?", você me pergunta. Não, não é só isso, mas já ajuda bastante. Não é raro vermos pessoas que fazem vídeos para a internet comentando besteiras do dia-a-dia, reclamando de modismos e celebridades ou fazendo coisas inusitadas. Se eu te perguntar um exemplo, você vai conseguir citar pelo menos um. Isso porque só falei de vídeos.


Este post pode ser visualizado em fundo branco, letra preta aqui.

Há aqueles ainda que são bons com as palavras ou têm ótimas sacadas (ideias que podem render assunto).
Com o desenvolvimento da tecnologia, tudo isso foi possível.
Agora vamos voltar alguns anos atrás... Na minha época, a internet era discada e caaaaaaaaaaaaara pra caramba, por isso eu só podia ficar uma hora. Aprendi a digitar rápido em salas de bate-papo, pois eram muitas pessoas conversando ao mesmo tempo e para conseguir manter um bom diálogo, você precisava ter dedos rápidos. O e-mail era a forma mais rápida de se corresponder, depois talvez, do telefone. E logo apareceu um programa de mensagens instantâneas, onde você falava com alguém em tempo real.
A primeira vez que toquei em um computador eu tinha 6 a 7 anos, visto que hoje crianças bem menores manipulam celulares muito mais complexos que aquela caixa gigante que eu chamava de computador. Hoje existem diversas redes sociais, onde interagimos com várias pessoas, inclusive fora da nossa cidade e país. Os celulares são mais finos e cheios de recursos, sem falar em outros novos itens do século XXI.

Tudo isso proporcionou uma facilidade à fama para os anônimos. Quem era Felipe Neto antes de postar vídeos? E o PC Siqueira? Dois dos mais famosos vloggers brasileiros (ou pelo menos os mais conhecidos pela massa) tinham vidas anônimas como a nossa. O Felipe Neto era ator (e continua sendo, é claro), só que não era conhecido pela população. PC Siqueira era colorista de revistas em quadrinhos. Atualmente ambos trabalham na televisão e cada um a sua maneira chamou a nossa atenção em seus vídeos.

Ok, mas iguais a eles existem diversas pessoas que também postam vídeos e não são reconhecidas. O que acontece?
É difícil explicar. Depende de várias circunstâncias, como o assunto que você aborda, o seu público-alvo, a qualidade do seu vídeo, o quanto você é carismático, entre outros. É simplesmente arriscar.
Vlogger ou vlogueiro: pessoa que faz vlog (video log), uma espécie de vídeo (normalmente caseiro) sobre um assunto definido por ele mesmo.
-->

Ok, ok, agora vamos falar de blog!
Sim! Impossível deixar de lado os famosos blogueiros!
O site do tipo blog nasceu para ser uma espécie de diário virtual, onde as pessoas contam sobre seu dia-a-dia.
Com o tempo ele se reformulou e hoje temos vários que se dedicam ao humor, como é o caso do Jacaré Banguela que eu sempre acompanho e que pertence ao mato-grossense Rodrigo Fernandes.
Você pode chegar e falar: "Ah, mas isso aí não é um blog. É um site de humor." Eu não tiro a sua razão, só que a "profissão" de alguém nesse ramo é blogueiro, então... É, acho que você entendeu.

Trocando em miúdos... Sim, dá para fazer dinheiro e alguma fama na internet, basta você ser criativo.

Ai, ai, como é bom ser famo... PERAÍ!
O que acontece quando você fica famoso? A sua vida muda de uma hora para outra?
Sim, algumas coisas mudam, porém... Você continua a ser aquela pessoa que sempre foi. Almoça, janta, toma banho, conversa com os amigos, vai ao banheiro, fica perdendo seu tempo com alguma coisa... O que muda é que agora você tem reconhecimento de várias pessoas (normalmente que não te conhecem ao vivo).


Você acaba se tornando uma espécie de "pessoa pública". Querem dar opinião nos seus vídeos, reclamam de sua possível mudança de comportamento, o jeito como se veste, seu vocabulário... Depois que elas começam a te conhecer melhor e aquela primeira visão (um pouco distorcida) que tinham vai sumindo, querem te moldar segundo a vontade delas. Quer ver um bom exemplo? Eu. Sim, sim, eu mesma. Quando comecei a fazer fansings, as pessoas me julgavam (e ainda julgam) como uma garota meiga, doce, fofinha, de voz suave e de personalidade encantadora. Foi por isso que comecei a fazer podcasts e expor minhas opiniões, o MEU jeito de ser.

Todos nós quando conhecemos alguém, de imediato idealizamos e imaginamos como ela deve ser. Isso é típico de todo ser humano. O problema é quando você fica só nessa fase e não aceita a verdade. Eu sou uma pessoa gentil em alguns casos, mas jamais doce e meiga. Eu não sou bonitinha, fofinha e uma gracinha. Pensarem que eu sou assim, me irrita profundamente. Isso acontece comigo que não sou famosa, então imagina com quem rapidamente é reconhecido?
Vamos a mais alguns problemas dessa "fama".
-->

Você tem que se lembrar de que estará exposto ao mundo para receber qualquer tipo de crítica, das educadas às mais sujas, e precisa ter uma boa cabeça para saber como agir. Sem falar nos "escadas" que irão aparecer para se promover às suas custas. É fácil identificar esse tipo: ele aparece normalmente falando mal do seu trabalho e faz uma certa polêmica. Pronto, ele chamou a atenção dos seus admiradores e sua. É legal ter esse tipo de fama? Vai de cada um. Na minha opinião, é melhor você ser conhecido pelos seus atributos do que por meios não muito legais, como agredir alguém. Como eu escrevi: vai de cada um.
Como acabar com esse tipo de gente? Ignore. Sem público, sem fama.

E quando o problema é você? Algumas pessoas quando recebem as luzes dos holofotes ficam cegas. Não entendeu? Eu quis dizer que a fama sobe a cabeça.
Alguém já dizia "você só conhece uma pessoa quando lhe dá poder." E realmente, ter o poder nas mãos é muito perigoso se você não souber administrá-lo. É o caso de várias celebridades que gastam mais do que podem, se acham demais sem ser, começam a usar drogas... É complicado.
Ainda acho que o pior é abandonar os antigos amigos e chamar os novos de "verdadeiros amigos", comumente atraídos apenas pelo seu status e dinheiro.
Todos desejam a fama, mas ela é para poucos. Os bons de cabeça sobrevivem, os maus...

As coisas podem parecer simples, quando você vê seu artista preferido ali na TV ou em algum show, só que eles também choram, ficam doentes, se decepcionam, têm seu momento de raiva. Costumamos pensar que são pessoas inatingíveis e perfeitas, contudo não são.
Se você deseja fama e fortuna, trabalhe para isso, prospere, mas tenha certeza de que seu caminho não vai ser fácil. Muitas pedras vão rolar em cima da sua cabeça e mesmo que chegue no topo, você estará todo machucado. Quem te xinga, não sabe os dias que você chorou por problemas familiares. Quem ficou magoado com você, não sabe dos dias em que irritado você acabou descontando neles a sua raiva. Quem te adora, não sabe os dias que você já se odiou.
Celebridades, artistas, vlogueiros, blogueiros, eu e você somos todos iguais. Somos humanos e ainda nenhum nasceu perfeito, então aceite a imperfeição de quem você admira e os veja mais humanos do que deuses.

E aí? Preparado para se machucar atrás da fama?

Por Kimono Vermelho (22/09/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar conheça as nossas regrinhas:
-Não poste nada ofensivo, respeite os outros;
-Não brigue, aqui não é ringue de boxe;
-Não faça merchandising do seu blog com a desculpa de "ah, mas eu comentei sobre o post também".
Siga as regras e você não conhecerá o lado escroto da Kimono.